25 de julho de 2024

A gestão como um dos pilares para profissionalização do campo

O tema de gestão é muito importante para o novo agronegócio com propriedades cada vez mais tecnificadas e busca por conhecimento e capacitação.

Temos observado e acompanhado cada vez mais que nas propriedades rurais, desde os proprietários até as novas gerações, a participação mais engajada, envolvidas na gestão, analisando e querem saber como e onde investir, como exportar etc.

Assim como o perfeito planejamento técnico, a gestão é fundamental, tanto para uma micro, pequena, média ou grande empresa rural ou agroindústria, principalmente agora em tempos de pandemia.

Na gestão através do conhecimento do negócio, a escolha de medidas de controle, tomadas de decisões, permite complementar análises, simular investimentos, olhar o negócio de forma mais estratégica e profissionalizada. Temos ainda muitos gargalos no campo, e muitas vezes a gestão fica em segundo plano.

O Brasil é líder em alta tecnologia, manejos, avanços de produtividade e desempenho de campo, e a gestão se torna fundamental como pilar estratégico, assim como a adoção de tecnologia.

Pensar que dentro da porteira, temos tecnologia, sementes com alto potencial, manejo de fertilidade, produtos de ponta e cada vez mais seguros para aumento da produtividade, máquinas com alta tecnologia e conectividade, coloca os produtores brasileiros cada vez mais competitivos mundialmente.

Através da gestão e com processos bem desenhados, descritos, os resultados poderão ter mais sustentabilidade econômica.

Seguem dicas para começar a implantar a gestão na sua propriedade:

1.     Conheça o seu negócio, faça um raio x, identifique e descreva todas atividades que existem dentro da propriedade com o máximo de informações (custos, despesas, receitas, investimentos)

2.     Organize em setores e centros de custos,  para melhor visualização e análise

3.     Com as etapas descritas, o próximo passo é planejar, estabelecer objetivos e metas, e acompanhar os resultados

4.     Tratar os negócios rurais como empresa, buscando viabilidade econômica, social e financeira.

5.     Utilizar os dados gerados como métricas e indicadores de análise e tomadas de decisões.

Há aplicativos que facilitam e ajudam na gestão, permite alimentar cos dados, mas primeiro passo é fazer o básico bem feito.

Acredito que as mulheres, sejam elas: mães, esposas, irmãs ou filhas são muito importantes no dia a dia gestão, agregando e auxiliando na gestão, e compartilhando do negócio familiar.

O agronegócio é força motriz para o nosso país, gera renda, desenvolvimento, empregos, alimentos, energia, preserva, e cuidarmos da gestão, é cuidarmos também do campo e da sustentabilidade rural.

Alessandra Decicino
Engenheira Agrônoma pela UFG
Especialista em Gestão em Agronegócio pela UFLA
Expertise de 15 anos no setor do Agro

@alessandradecicino

Adicionar comentários

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias