12 de julho de 2024

Eleições EUA – E agora Trump?

E aí minha gente, o que será que Trump hoje tem a nos dizer hoje ?

Eu pessoalmente acredito que o saldo das eleições norte americanas de ontem possa ter influenciado no humor do presidente que nos últimos dias, vinha até que praticando um discurso mais suave em muitas pautas.

Se você não leu o post sobre o bom humor dele nessa última semana vai aqui o link: http://missaomulheresdoagro.com.br/guerra-comercial-mais-uma-manobra-de-trump/

O saldo dessas eleições confirmou a força dos opositores democratas que após longos 8 anos viraram o jogo e agora voltam a ser maioria na Câmara dos Deputados.  O casal Obama, queridinhos da América e que vive com as orelhas ardendo de tanto ser criticado pela atual gestão, saiu da esfera virtual e foi a campo para promover a campanha dos democratas.

Até o momento atual das 435 cadeiras já foram definidas 412 e os democratas garantiram 219, peso de 50,3% enquanto os republicanos, partido de Trump, conquistou 193 cadeiras, 44,4% de performance. Mesmo que os republicanos vencessem as 23 cadeiras não garantiriam maioria na casa.

No senado o resultado favoreceu Trump que garantiu até agora a maioria com 51 representantes eleitos para as 100 cadeiras. O partido democrata levou 43 cadeiras e outros partidos outras 2. Faltam 4 cadeiras a serem definidas e obviamente não há qualquer chance de os democratas virarem o jogo.

Trump ganhou em estados importantes e que havia indicado nomes para representantes do senado, mas na câmara, fase inicial de qualquer aprovação importante o presidente não garantiu a maioria.

Esse resultado faz o dólar index perder frente à cesta de moedas internacionais, inclusive aqui no Brasil cujos negócios acompanharam o cenário externo e a moeda registrou mínimas com 3 cents de desvalorização.

As 11h30, horário de Washington, 14h30, horário de Brasília, Trump frá um pronunciamento sobre as eleições.

O mercado aguarda ansioso para saber qual o modo humor de Trump e especula-se que naquele momento o presidente poderá sair do protocolo, como quase sempre faz e se manifestar sobre outros assuntos, como a Guerra Comercial com a China.

Ontem ainda, mesmo no modo bom humor, Trump num gesto típico seu de bate e afaga, voltou a “ameaçar” tarifar o saldo das exportações caso Estados Unidos e China não cheguem a um acordo comercial durante o encontro do G20 na Argentina. Como o mercado inteiro sabe, o encontro acontecerá somente no final do mês e até lá muita água pode rolar!

Nos vemos mais tarde mas antes de eu ir, vale só uma ressalvinha…Nunca na história daquele país ( hahaha) tantas representantes mulheres foram eleitas!

Ansiosa pelas 14h30! Abraço, Andrea Cordeiro

Adicionar comentários

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias