23 de julho de 2024

China: Potência Mundial em Commodities

Você sabe por que a China é considerada como a maior importadora de commodities agrícolas do mundo?

De acordo com dados do Departamento de Alfândega da China o país importou durante o ano de 2017* o montante de 95.5 milhões de toneladas de Soja, 653 mil tons de óleo de soja, 2.8 milhões de toneladas de Milho e 2.3 milhões de toneladas de açúcar e 32.5 mil tons de farelo de soja.

Na soja, a principal origem vendedora foi Brasil com embarques de 51 milhões de tons, seguido dos Estados Unidos com 33 milhões (34%) e na terceira posição, Argentina com 6.6 milhões de toneladas.

Enquanto o desempenho do Brasil superou positivamente ao concentrar 53% do volume, a performance dos Estados Unidos, em 34% do volume de embarques foi a pior desde 2006.

Vale o destaque que na temporada de 2012 o Brasil pela primeira vez alcançou a liderança no ranking de vendas à China. Uma seca avassaladora nesse ano em alguns estados lido meio oeste nos Estados Unidos, foi responsável pela queda das vendas norte americanas.

Associando esse cenário de vendas feitas em 2017 à recente decisão dos Estados Unidos em tarifar as importações de alumínio e aço, é provável que o Brasil aumente volume de embarques nessa temporada, ainda mais porque a Argentina enfrenta uma seca severa que já lhe tirou dos livros 17 milhões de toneladas de soja de produção.

*números arredondados

 

 

Adicionar comentários

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias