17 de julho de 2024

Carne suína in natura

Segundo dados do Secex da Associação Brasileira de Proteina Animal – ABPA, as vendas internacionais da proteína animal totalizaram 72,8 mil toneladas em abril, representando aumento de 19% frente ao exportado em abril de 2019 e geraram ao país receita de US$ 165,2 milhões.

Dentre os países importadores, China que foi fortemente impactada pela febre suína africana tem sido um destino recorrente para a proteína brasileira.

Em nota divulgada pela Associação, o volume embarcado ao mercado internacional durante o primeiro quadrimestre do ano totalizou 280,8 mil toneladas, aumento de 28,4%. No levantamento da receia gerada, os US$ 650,3 milhões, representam um avanço de 53,5% para o mesmo período.

Adicionar comentários

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias

Clique na imagem e garanta o seu!

Categorias